sexta-feira, 16 de outubro de 2009

HÓSPEDES E AMIGOS

É... na casa dela não seria possível receber todos os convidados.
Eu, como amiga e "sogra honorável" da noiva, ofereci para hospedar os amigos que vieram de Paracatu. Eu já havia provado a hospitalidade mineira dessa casal. Um jovem casal, outro nem tanto, uma jovem mãe e seu filhote, cheio de dengos e vontades. Como é esperto o garoto! Conhece os pontos fracos de cada um e acaba conseguindo o que quer.
Café da manhã, acompanhado de longas conversas, queijo mineiro e bolo de milho. Logo cedo já de saída pra casa da mãe da noiva. E só voltavam tarde da noite. Que hóspedes são esses que só dormem e passam o dia fora? Nem um almoço, nem um jantar... Só cama e café. Mas com muita simpatia e bom humor. O processo de "embonitamento" de tanta gente para a festa do casamento foi um caso à parte: Marido fazendo escova no cabelo da esposa, menino de terno chorando e querendo atenção, bolsa que não combina com o sapato... Perfume que sumiu..
-Quero um brinco prateado. -Amarra meu vestido. -Meu Deus eu engordei! -Minha maquiagem borrou... Esse baton está horrível!
E os homens, já prontos, todos de gravata e terno escuro, começam a ficar indósseis. -Olha a hora! o casório já vai começar. Vamos perder a entrada da noiva.
A festa foi ótima! A noiva linda, o noivo elengante e bastante nervoso. O SIM foi proferido com voz forte e bem alto, causando risos , inclusive no padre. A recepção foi num lugar cercado de jardins e luzes, os comes e bebes maravilhosos, música, dança e alegria...
No dia seguinte... alguns se vão. No outro dia, a casa vazia, e os comentários. -Como passou depressa! Que pena! Foi tão bom conviver com eles por esses poucos momentos...
E lá de Paracatu, chega um lindo ramalhete de rosas chá com um delicado cartão de agradecimento.
Quem deve agradecer sou eu, que tive o privilégio de conviver com essa família tão especial.
Agora, é esperar o casamento do Gui... O convite está feito... Até lá...

Esse post é dedicado ao brilhante jornalista FLORIVAL FERREIRA e sua famíla. Vieram de Paracatu e se alojaram em minha casa por algumas horas, mas deixaram ótimas lembranças.

Um comentário:

Ceci disse...

Julieta!!!
Você é simplesmente demais!!! Nunca vi tanta finura em uma pessoa só! Seu brilho se espalha por todo canto e chegou aqui no interior...

Amamos você e sua família maravilhosa! Beijoss